Voltar
Nov10

O fim da nota fiscal de bloco. O que fazer?

Escrito por Cristiano Reis

cfop Classificação fiscal cupom fiscal cupom fiscal eletrônico exigência fiscal faturamento impostos nota fiscal nota fiscal eletrônica

De acordo com o calendário fiscal do Governo do Estado do Rio Grande do Sul, janeiro de 2018 será o momento em que o restante das empresas, que ainda não realizam vendas através do cupom fiscal eletrônico, necessitarão implantar a emissão da NFC-e.

Caso prefira assistir um vídeo sobre esse conteúdo, clique aqui:


O Cupom Fiscal Eletrônico (NFC-e) vem para substituir o ECF (Emissor de Cupom Fiscal) e, também, aquele velho bloquinho de notas fiscais, usado por tantos anos pelas pequenas empresas.

O calendário estipulado pelo Governo previa que as empresas implantassem a NFC-e gradualmente, de acordo com o seu faturamento. Por exemplo, no início de 2017, as empresas que faturavam até R$ 360.000,00 por ano estavam obrigadas ao uso. Em 2018, independentemente do faturamento, as demais empresas estarão obrigadas.

A exceção à regra são as empresas da modalidade MEI (Microempreendedor Individual).

A partir do dia 01/01/2018, caso você ainda utilize blocos para emissão de notas ao consumidor final, você ou o responsável pela sua área fiscal deverá realizar o recolhimento destes blocos. Os blocos deverão ser encaminhados à Receita Estadual para serem inutilizados.

Caso a sua empresa utilize o ECF (Emissor de Cupom Fiscal), ainda será possível usar o equipamento pelo prazo de dois anos a partir da data de início da sua obrigatoriedade. Porém, caso ocorra algum problema técnico com a impressora fiscal, a SEFAZ não vai autorizar a compra de uma nova. E, numa situação dessas, a NFC-e deverá ser utilizada no lugar.

Caso tenha dúvidas sobre a situação de sua empresa, verifique com sua assessoria contábil ou fiscal sobre suas obrigatoriedades. A não implantação poderá lhe incorrer a problemas com fisco e, pior, muita correria em cima da hora para implantar o cupom eletrônico em sua empresa.


SÉRIE: O fim da nota fiscal de bloco

1: O fim da nota fiscal de bloco. O que fazer?

2: 5 dicas antes de implantar o Cupom Fiscal Eletrônico

3: Como escolher o melhor software emissor de NFC-e

Voltar
Quem somos

Nossos sistemas integrados de gestão solucionam os problemas de informação na sua empresa, utilizando a tecnologia para agilizar processos e fornecendo dados mais seguros para a melhor tomada de decisão.

Saiba mais
Newsletter

Cadastre-se para receber nossas novidades: